Como a PNL pode te ajudar no dia a dia?

Será que a PNL pode te ajudar no dia a dia? Sim, ela pode ser incorporada a sua rotina e render bons resultados para todas as esferas de sua vida.

É comum que ao se deparar com a sigla “PNL” ou o termo “Programação Neurolinguística” as pessoas acreditem que se trata de algo muito técnico ou científico.

Mas a verdade, é que muito antes das técnicas serem mapeadas por Bandler e Grinder, as pessoas já utilizavam estratégias para atingirem seu potencial. O que os cofundadores fizeram foi sistematizar criando modelos testados e validados e tornar acessível ao maior número de interessados possível.

Por isso, que não só é possível incorporar a PNL no dia a dia, como é bastante recomendável. Então, neste artigo vamos juntos conversar sobre como fazer isso e melhorar suas relações.

 

O que é PNL?

Eu já expliquei aqui no blog que a PNL diz respeito aos processos cognitivos que construímos por meio da linguagem. Ou seja, os impulsos que você tem ao interagir com os outros por meio da língua, ou até mesmo consigo mesmo.

Assim, PNL é um tipo de habilidade que podemos aprender para nos comunicar de maneira mais efetiva. Ou seja, com o desenvolvimento das técnicas certas quem pratica ela consegue sair do limbo interior e começar a interagir com presença e expertise com o ambiente a sua volta.

 

Rotina com PNL: Crenças, valores e hábitos

Durante os dias que seguem nossa vida, vamos construindo incontáveis procedimentos que se repetem sucessivamente. São os chamados hábitos.

Muitas vezes eles partem do nosso nicho familiar, parte de conhecimentos culturais ou até mesmo são produtos de experiências pessoais.

Um exemplo é o caso de uma criança que passa em frente ao portão de uma casa com um cachorro raivoso. O cão morde a criança e ela acaba se traumatizando pelo caminho escolhido. Isso pode desencadear uma verdadeira repulsa a esses animais.

De outro modo, uma família pode ter o costume de ter mascotes e isso faz com que os filhos cresçam e também adote cães ou gatos.

Assim, podemos receber influências de diversos tipos. O perigo está em quando não conseguimos filtrar ou ter ciência destas crenças, valores e hábitos. O que é bem frequente.

Então sempre tenha em mente que a vida é uma sequência de hábitos adquiridos.

Você pode se perguntar: mas o que isso tem a ver com PNL, Fátima? Tudo! Desde o momento que você se levanta ao momento que vai se deitar, você está reforçando hábitos ou desfazendo eles. O que eu quero é que você tenha consciência de todo o processo e use ele ao seu favor.

 

O autoconhecimento é uma arma poderosa

Bem, estávamos conversando que os hábitos são construídos para além de nossas vontades pessoais. Mas veja bem, não há nada de ruim em sistematizar e deixar ações no modo automático.

Inclusive, isso nos ajuda bastante. Imagine só você ter que, todos os dias, dar o passo a passo para seu cérebro no momento de tomar banho, amarrar os sapatos ou fazer uma caminhada? Seria bem estafante, não?

A diferença é que quando você se conhece, você domina sua programação interna e pode fazer as alterações necessárias. Se você deseja perder peso, mas se autossabota o tempo inteiro comendo besteira, algo não está certo.

Você precisa que sua mente entre em concordância com suas reais vontades. É piloto e copiloto trabalhando para um voo tranquilo. O mesmo não acontece quando não há autoconhecimento, você pode ser jogado de um lado a outro pelas emoções, vontades dos outros e traumas.

 

Programação Neurolinguística: comunicação verbal e não verbal

A comunicação é o primeiro ponto que necessita sua atenção. Perceba o modo como seu corpo se comunica com você para autoconhecimento e como o corpo do outro se comunica com você para melhores relações.

É o que se chama de comunicação não verbal, como lembra James Cain em “Linguagem Corporal: como aprender comunicação não verbal”, ela envolve gestos e expressões por meio da face, cabeça e posturas corporais.

 

Meu corpo, minha casa

Já tentou aprender algo novo e uma vozinha na cabeça disse “não consigo, não tenho jeito para isso”? Pois bem, o nome disso é crença limitante que limita seus resultados. E limita mesmo porque, ao compreendê-la, descobrimos que era só uma crença e que podemos sim fazer o que queríamos desde o começo.

Assim, você não pode respirar debaixo d’água sem nenhum equipamento, isso é um fato. Contudo, você pode entrar para a universidade, aprender um novo idioma, ganhar massa muscular e progredir na carreira. O Universo por si só é uma sequência infinita de possibilidades.

Entretanto, para conseguir atingir isso, uma dica é entender como seu corpo responde a determinado pensamento. Se você realmente acredita ser “incompetente”, investigue o que está alimentando essa crença.

Pode ser uma experiência negativa, algo que alguém lhe falou, pode ser medo do real fracasso ou medo do sucesso também.

Portanto, o caminho é entrar em sintonia com o próprio corpo e observar o ritmo dos batimentos cardíacos, a respiração, o suor, a agitação mental, a contração muscular etc.

 

O corpo do outro e suas expressões

Conseguimos explorar as reações de outra pessoa por meio, não só do que ela fala, mas, pelas expressões faciais, corporais, tom de voz e posturas.

De maneira geral, uma regra é que tudo que fazemos tem como propósito o nosso bem estar. Sim, mesmo as decisões que prejudicam outras pessoas.

Veja bem, uma pessoa que tenta tomar seu lugar no emprego, por exemplo, não faz isso de maneira deliberada, mas porque ela deseja a vaga.

Entendendo isso, fica mais fácil compreender o outro pelo que ele é em si. E não pelas imagens mentais que criamos. Neste quesito, o exercício de mindfullness pode ser bem indicado.

Um deles é o tentar sentir sua mão pelo lado de dentro. Você pode fazer isso agora. Depois de terminar de ler este parágrafo, feche os olhos e tente sentir seus tendões, ossos, o sangue correndo, o calor, os músculos.

Isso vai te trazer para o presente, e estar presente é o primeiro passo para entender o mundo como ele realmente é, não através de nossas projeções.

Assim, ficamos totalmente presentes para ver o outro sob uma ótica totalmente nova, fora de nossas expectativas pessoais.

 

PNL no dia a dia: dicas práticas para incorporar na rotina

Assim, para que você consiga tornar sua rotina mais produtiva e consolidar suas relações pessoais, você pode fazer pequenos ajustes com a ajuda da PNL. Vamos ver quais são eles?

 

Espelhamento com Rapport

Essa técnica é, geralmente, feita para construir um ambiente seguro ao interagir com pessoas, conhecidas ou desconhecidas. É o movimento consciente de espelhar alguns movimentos das pessoas e expressões faciais e corporais.

A familiaridade gera conexão e a conexão favorece uma comunicação mais profunda e efetiva.

Então, espelhar se os ombros estão mais altos ou mais baixos, os movimentos espontâneos que a pessoa faz com o braço e expressões da face é um ponto de abertura para um rapport.

O espelhamento é somente uma das inúmeras formas, dentre outras,  de atingir rapport de qualidade.

 

PNL no dia a dia: Elogios

Os elogios são uma forma bastante conhecida de melhorar a autoestima e dar mais ânimo às nossas atividades. Eles estão intrinsicamente ligados às técnicas de PNL se feito de maneiras adequadas. Isto porque são comunicações que geram alterações no comportamento.

Nesta perspectiva, você pode elogiar alguém de seu ciclo familiar para melhorar o ânimo dessa pessoa durante esse período delicado. Entretanto, o elogio sempre deve carregar verdade e ser feito de modo pontual.

Por exemplo, ao invés de chamar uma pessoa de estudiosa, fale que gostou de uma atividade específica que ela fez, como a produção de dado texto ou a nota de um trabalho de casa.

Elogiar é reconhecer o outro e falar diretamente ao seu sistema – eu vejo você !

 

Criando Rituais Saudáveis

Além disso, como conversamos antes, os hábitos são a maneira com a qual automatizamos as ações e ganhamos tempo. Assim, vale a pena aproveitar esse período para construir rituais saudáveis, pois isso nos ajudam a manter o foco.

Primeiramente, faça um de cada vez e deixe o seu corpo entender o que está acontecendo. Sem falar que é interessante manter uma continuidade, nem que seja alguns minutos por dia. Assim, você pode:

  • Manter um hábito de leitura.
  • Ter um hobby (pode ser a pintura de livros de mandala, por exemplo).
  • Praticar Yoga.
  • Fazer exercícios físicos com as coisas que mantém em casa.
  • Escrever um diário dos sonhos ou mesmo do dia a dia.

 

Esteja presente

Lembra que falei que o corpo conversa contigo? Por que não o escutar? Exercícios de total presença ajudam a ter dias mais suaves e sair do turbilhão da mente.

Então, vou compartilhar uma técnica: mantenha a atenção na respiração. Vamos leva-la até o abdômen e respirar com o diafragma. Vai estar certo se a sua barriga “inchar” na inspiração e esvaziar na expiração.

Você não vai levantar o ombro ou “respirar com o peito”, pronto. Agora, vamos fazer assim:

  1. Inspire devagar, contando mentalmente até 5.
  2. Mantenha o ar dentro do corpo por 5 segundos.
  3. Expire contando até 5.
  4. Mantenha os pulmões vazios por mais 5 segundo.
  5. Repita o ciclo por pelo menos 5 vezes.

Comece com o ciclo de 5 segundos, mas pode aumentar os períodos na medida em que se acostuma com o exercício. Você pode sentir uma leve tontura no começo. É normal, porque você vai levar mais oxigênio ao cérebro.

Ao terminar a técnica tire um momento para sentir seu corpo, suas mãos, seus braços, o tronco, as pernas, os pés, cada pequena parte. Sinta todo o corpo em harmonia. Ou seja, esteja presente.

 

Fique em Casa com o Instituto Pérola

Eu sei que o momento agora é bastante delicado e estamos fazendo esforços enormes para nos adequar à nova rotina. Por isso, que o Instituto Pérola quer levar a PNL para o seu dia a dia.

Vamos passar por isso juntos, com calma e cuidando uns dos outros. Para manter você em no seu caminho do autoconhecimento e desenvolvendo sua carreira, nós do Instituto estamos oferecendo modalidades online de curso e atendimento. Confira eles aqui.

Além disso, acompanhe nosso Instagram para conferir os novos conteúdos e conversar comigo durante as lives do Instituto. Estarei te esperando!

Leave a reply